Publicado pela Muruci Editor, o terceiro livro de poesias de Marcos Fernandez Oliveira Cunha apresenta Meus Versos, sua última coleção de escritos, abordando temas como o amor, a sociedade, a injustiça, entre outros. 

O livro fará parte da 64ª Feira do Livro de Porto Alegre, onde o autor estará presente para sessão de autógrafos, no dia 09 de novembro, às 15h30.

Marcos Cunha é autor de Poemas da Juventude (2016), e Poemas Quase Esquecidos (2017), ambos pela Muruci Editor.

Meus Versos 

Como adquirir

Vivendo Intensamente...

E ele lança seu terceiro Livro de Poesias... nele, um poeta maduro que agora fala de seus desejos, suas alegrias, suas frustrações, enfm, da vida e suas onsequências... sem esquecer do Amor:

                                    “Padeço de um amor não declarado

                                      De vigílias feitas

                                      Das migalhas da tua atenção

                                      De escassas palavras

 

Fala da vida:

                                      “A vida segue

                                       Seu curso

                                       No tempo de cada um

                                       No momento de cada um

                                        

E assim,vivendo intensamente a vida, o poeta nos conta tudo com a graça da Poesia.

Marcos Cunha, com sua sensibilidade, nos faz pensar sobre o nosso próprio dia a dia, com leveza...

 

Beatriz Parracho Santiago

Ilustração: Clauveci Muruci

APENAS ESCUTO....

 

Não aponto caminhos

destinos

cada um que trace o seu

 

Apenas escuto

as canções sobre o amor

a dor dos penitentes

as súplicas das benzedeiras

as bebidas que são abertas

as telhas desencaixadas

as juras de amor

 

Não aponto caminhos

o sol é de todos

cada um que busque o seu

 

Apenas escuto

a angústia das cidades inseguras

a fome instituída

as combinações não cumpridas

os portões batidos

as geleiras derretendo

o renovador choro das crianças

as ferramentas dos coveiros

 

Não aponto caminhos

apenas escuto ...